Posts

MLSM, o movimento responsável pela ocupação do prédio que desabou

Movimentos que lutam por moradia digna

Foi na madrugada do último Dia do Trabalho, 1° de maio de 2018, que 150 famílias pertencentes ao MLSM, um movimento de reivindicação por moradia, ficaram desabrigadas após incêndio e desabamento de um prédio público de 20 andares na região central de São Paulo. O trágico ocorrido colocou o MLSM (Movimento de Luta Social por Moradia), responsável pela ocupação, sob os holofotes da mídia e os olhares da população brasileira.

Por ser de atuação independente, não estando filiado à Frente de Luta por Moradia (FLM) e tampouco à União dos Movimentos por Moradia (UMM), pouco se conhece da história e da atuação dessa organização social que estava encabeçando a ocupação do o edifício Wilton Paes de Almeida, anteriormente sede da Polícia Federal em São Paulo.

Conheça agora o MLSM e entenda melhor a trajetória desse movimento que tem sido tão falado comentado e debatido na internet.

Leia mais