Posts

7 lições de vida para cuidar bem de pessoas idosas

Cuidar bem de pessoas idosas

No Brasil, as instituições de longa permanência para idosos (ILPI) contam com pouco respaldo do poder público e passam a necessitar de voluntários e pessoas interessadas em cuidar bem de pessoas idosas e que não possuem apoio familiar.

Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), são 3.548 instituições voltadas à essa questão social, que abrigam 83.870 idosos. Dessa totalidade, 65,2% pertencem ao terceiro setor e dependem de doações e apoio da comunidade para se manter.

Se você tem interesse em ser um voluntário que trabalha com idosos, é importante treinar a paciência e a disponibilidade para lidar com todo tipo de personalidade, humor, costumes e até as enfermidades típicas da terceira idade.

Confira então 10 lições de vida que te ajudarão a ter uma convivência prazerosa e respeitosa com essas pessoas mais velhas, seja em sua casa ou em institutos filantrópicos. Leia mais

Conheça 5 ONGs que auxiliam mulheres em situação de violência doméstica

Mulher livre de situação de violência doméstica

Muitas mulheres que sofrem violência de seus companheiros têm dificuldade em denunciar os abusos, mas ONGs que auxiliam mulheres em situação de violência doméstica tem contribuído para que o ciclo seja quebrado.

Em diversos casos é apenas devido ao apoio recebido em centros de acolhimento e instrução que se torna possível para a mulher identificar uma saída, principalmente se sua situação inclui uma dependência econômica ao agressor. Algumas organizações atuam na conscientização, enquanto outras voltam seus esforços para a orientação ou apoio psicossocial.

Separamos algumas ONGs que atuam local e nacionalmente e contribuem para que mais mulheres consigam sair da situação de violência doméstica e viver com mais dignidade e respeito. Dá uma olhada! Leia mais

Conheça o Aldeias Infantis SOS Brasil e sua ação de proteção à infância

Diferentes ONGs e Institutos têm atuado no Brasil com foco na ação de proteção à infância e à adolescência. Por meio de atividades educativas, fortalecimento familiar e comunitário, acolhimento e lazer, essas ações filantrópicas contribuem para a melhoria de vida de milhares de brasileiros que vivem em situação de vulnerabilidade ou abandono. 

A ONG Aldeias Infantis SOS Brasil age neste caminho, engajando-se de diferentes maneiras e incentivando projetos sociais que ampliam a qualidade de vida e o acesso das crianças atendidas.

Neste post você irá conhecer um pouco mais sobre esse Instituto que atua internacionalmente e descobrir como suas ações estão auxiliando crianças brasileiras que vivem em situação de pobreza extrema. Confira! Leia mais

6 filmes sobre voluntariado e solidariedade para você se inspirar

Filmes sobre voluntariado e solidariedade para se inspirar

A sétima arte tem o poder de nos impactar de diferentes formas, e é por isso que os filmes sobre voluntariado e solidariedade são fontes de inspiração para aqueles que andam incomodados com as desigualdades e desejam engajar-se em alguma atividade filantrópica.

Seja em causas humanitárias que auxiliam pessoas em situações de vulnerabilidade social ou em trabalhos voluntários com pessoas com deficiências, o cinema traz olhares sensíveis sobre histórias reais e fictícias que falam sobre valores como cooperação, reciprocidade, companheirismo e dedicação.

Separamos sete filmes de diferentes nacionalidades para refletir ricas experiências com o voluntariado e te motivar a atuar em sua comunidade ou mesmo auxiliar ONGs e projetos filantrópicos sem sair de casa, fazendo sua parte para um mundo melhor. Confira!

Leia mais

7 ONGs que auxiliam crianças e adolescentes com câncer no Brasil

ONGs que lutam contra câncer infantil

As taxas de incidência do câncer infantil aumentaram nos últimos anos, mas com o avanço nas pesquisas e devido ao apoio de ONGs que auxiliam crianças e adolescentes com câncer, o índice de sobrevivência também subiu.

Em geral, contando apenas com o auxílio financeiro de doadores individuais, essas organizações conseguem dar suporte emocional, financeiro e medicamentoso a muitas crianças. Muitas delas se engajam em pesquisas, enquanto outras promovem o divertimento e a auto-estima necessários à infância, para superar o câncer com força e determinação.

Separamos 7 ONGs que realizam essa difícil tarefa e que são reconhecidas por sua idoneidade e dedicação no combate ao câncer infantil em sua região e no Brasil. Confira!

Leia mais

Conheça 8 aplicativos que promovem ajuda ao redor do mundo

aplicativos solidários

Às vezes a vontade de contribuir com as pessoas ao redor do mundo acaba sendo dificultada por situações cotidianas, mas existem diversos aplicativos que promovem ajuda e que devem facilitar a vida de quem tem espírito solidário.

A tecnologia tem se mostrado uma parceira que permite contribuir de alguma forma com a sociedade mesmo sem sair de casa. Estão sendo desenvolvidos aplicativos que promovem doações facilitadas, conectam pessoas que necessitam de algum apoio às que podem oferecer ajuda, auxiliam pessoas com deficiências e também ajudam a você ter um consumo consciente para uma vida mais sustentável e que proteja a natureza.

Dos inúmeros aplicativos solidários que estão em voga, separamos 8 de diferentes objetivos e áreas de atuação. A intenção é que você possa ajudar as pessoas ao redor do mundo de uma maneira mais acessível por meio do microvoluntariado e de acordo com sua afinidade com as causas. Dá uma olhada!

Leia mais

Entenda o papel das ONGs dentro dos movimentos sociais no Brasil

Papel das ONGs dentro dos movimentos sociais

O terceiro setor tem grande participação na defesa de condições de vida dignas para populações vulneráveis, e por isso o papel das ONGs dentro dos movimentos sociais no Brasil tem sido crucial para a construção de oportunidades para os brasileiros.

Nesse cenário social complexo do país, cada organização que atua em defesa de melhores condições de vida tem o seu lugar e tem contribuído de maneiras variadas, construindo uma verdadeira e completa rede de apoio.

Leia mais

MLSM, o movimento responsável pela ocupação do prédio que desabou

Movimentos que lutam por moradia digna

Foi na madrugada do último Dia do Trabalho, 1° de maio de 2018, que 150 famílias pertencentes ao MLSM, um movimento de reivindicação por moradia, ficaram desabrigadas após incêndio e desabamento de um prédio público de 20 andares na região central de São Paulo. O trágico ocorrido colocou o MLSM (Movimento de Luta Social por Moradia), responsável pela ocupação, sob os holofotes da mídia e os olhares da população brasileira.

Por ser de atuação independente, não estando filiado à Frente de Luta por Moradia (FLM) e tampouco à União dos Movimentos por Moradia (UMM), pouco se conhece da história e da atuação dessa organização social que estava encabeçando a ocupação do o edifício Wilton Paes de Almeida, anteriormente sede da Polícia Federal em São Paulo.

Conheça agora o MLSM e entenda melhor a trajetória desse movimento que tem sido tão falado comentado e debatido na internet.

Leia mais

Como o e-branding e influenciadores digitais podem ajudar a sua ONG a crescer

Menino na escada tentando alcançar o céu

Desde a década passada estamos na era digital. Hoje, o objetivo das novas tecnologias é unir os conceitos mais básicos de marketing e propaganda com as novas tecnologias e plataformas de divulgação de conteúdo. É aí que entra o papel do e-branding para ONGs. Cada vez mais podemos observar organizações utilizando redes sociais como plataformas para divulgar suas ações e conquistas.

Leia mais

As 10 ONGs brasileiras mais influentes

As Ongs Brasileiras Mais Influentes

Já listamos As maiores ONGs de ajuda humanitária no mundo, agora, vamos apresentar as 10 ONGs brasileiras mais influentes. Procuramos destacar a atuação o impacto positivo de cada organização na sociedade. Leia mais

Filantropia no Brasil: do conceito de caridade à necessidade da assistência social

de maos juntas pelo brasil

Com o passar do tempo o Brasil passou a destinar um papel bastante peculiar para a filantropia, o de complementação. A máxima de fazer o bem única e exclusivamente pela questão humanitária, da benevolência e do bom coração, foi substituída pela necessidade de fazer o bem.

Basta olharmos ao redor, o terceiro setor ganhou, então, uma relevância ainda maior. Eis alguns exemplos. Leia mais