05 livros que inspiram boas ideias para o terceiro setor

Você gosta de ler? Qual é a sua literatura preferida?  Os livros são janelas que retratam diferentes mundos. Os científicos, por exemplo, mostram pesquisas e comprovam teorias que nos ajudam a compreender o mundo.  Perfeitos para os  estudiosos e pessoas do mundo acadêmico, eles  agregam ao leitor conhecimento e até um incentivo para a continuação dos estudos.

Nas biografias,  conhecemos a história de personalidades que transformaram a humanidade.  As palavras nos comovem, nos ajudam a entender melhor o outro e ressaltam a importância de lutar pelos seus ideais.

Tem leitura para todos os gostos. Ficções, romances e dramas, viajam por um universo fantasioso que aguçam os nossos sentidos e estimulam a nossa criatividade. Para os dias em que o ânimo parece faltar, existem os livros de auto-ajuda, que nos levam a entender a profundidade do nosso subconsciente. Ele nos aponta caminhos e ações que podem ser tomadas para que a segurança em si mesmo prevaleça.

Diante de tantas possibilidades que o universo literário oferece, foi feita uma seleção com os 05 livros que inspiram boas ideias para o terceiro setor.

01 – Criando Um Negócio Social

Criando um Negócio Social

Livro “Criando um Negócio Social” escrito por Muhammad Yunus.

Escrito por Muhammad Yunus, que ganhou prêmio Nobel da Paz em 2006,  o livro mostra como criar negócios com a finalidade de resolver problemas sociais. Nesta obra, o autor mostra como os negócios sociais passaram da teoria a uma inspiradora prática adotada por grandes companhias, empreendedores e ativistas sociais na Ásia, América do Sul, Europa e Estados Unidos.

Criando um Negócio Social  apresenta também como esse tipo de empreendimento transforma vidas e oferece conselhos práticos para aqueles que querem criar o seu próprio negócio social. O autor  explica como políticas públicas e privadas devem se adaptar para abrir espaço ao modelo de negócios sociais e mostra porque esses negócios detêm o potencial para redimir a promessa falida das empresas de mercado livre.

02 – Um mundo sem pobreza: a empresa social e o futuro do capitalismo

Um mundo sem pobreza

Livro “Um mundo sem pobreza” escrito por Muhammad Yunus.

A segunda dica de livro também é do Yunus. Famoso por ter criado o maior banco de microcrédito do mundo, o Grameen Bank, Muhammad traz uma nova visão para a luta contra a pobreza. O livro Um mundo sem pobreza tem 11 capítulos, além de um posfácio, que é a reprodução do seu discurso na cerimônia de entrega do Prêmio Nobel.

A obra apresenta uma ideia revolucionária: a empresa social, que deverá transformar o capitalismo como conhecemos. O escritor idealiza uma empresa que obtém rendimentos com seus produtos e serviços, mas não paga dividendos aos acionistas e não visa o maior lucro possível, como fazem a maioria.  O novo modelo de negócio dedica-se à criação de produtos e serviços que beneficiem a população, combatendo problemas sociais como a pobreza e a poluição ou melhorando o sistema de saúde e a educação.

 03- A economia da desigualdade escrito por Thomas Piketty

A Economia da Desigualdade

Livro “A Economia da Desigualdade” escrito por Thomas Piketty.

A terceira dica é um livro denso e cheio de questionamentos sobre a economia mundial. Escrito por Thomas Piketty, A Economia da Desigualdade” demonstra que o antagonismo esquerda/direita do debate político não discorda necessariamente em suas noções de justiça social, mas sim nos mecanismos econômicos que produzem a desigualdade e em como minorá-la.

Na versão mais atual do livro  inclui gráficos e tabelas. Ele reúne um estudo minucioso de Piketty sobre a natureza da distribuição de renda e o cenário econômico mundial.

04-  Eu Sou Malala

Livro “Eu sou Malala” escrito por Malala Yousafzai em parceria com a jornalista britânica Christina Lamb.

A quarta sugestão é a obra  que fala sobre a coragem e determinação de Malala Yousafzai . Entitulado Eu Sou Malala:A História da Garota que Defendeu o Direito à Educação e Foi Baleada Pelo Talibã, o livro escrito em parceria com a jornalista britânica Christina Lamb,  traz a história  da menina e de sua família que fora exilada pelo terrorismo global.

A obra retrata a luta pelo direito à educação feminina e os obstáculos à valorização da mulher em uma sociedade que valoriza filhos homens. Aos dezesseis anos, Malala se tornou um símbolo global de protesto pacífico e a candidata mais jovem da história a receber o Prêmio Nobel da Paz.

O livro acompanha a infância da garota no Paquistão, os primeiros anos de vida escolar, as asperezas da vida numa região marcada pela desigualdade social, as belezas do deserto e as trevas da vida sob o Talibã.

05 – De dentro para fora: Como uma geração de ativistas está injetando propósito nos negócios e reinventando o capitalismo

Livro "De dentro para fora: Como uma geração de ativistas está injetando propósito nos negócios e reinventando o capitalismo" escrito por Alexandre Teixeira.

Livro “De dentro para fora: Como uma geração de ativistas está injetando propósito nos negócios e reinventando o capitalismo” escrito por Alexandre Teixeira.

Na obra, Alexandre Teixeira fala sobre personalidades que estão à frente de um movimento de transformação do empreendedorismo. Inconformadas e inovadoras,  elas procuraram um caminho mais sustentável, um sentido mais profundo. Não aceitaram “as coisas como são”, o lucro pelo lucro.

O livro De dentro para fora: Como uma geração de ativistas está injetando propósito nos negócios e reinventando o capitalismo faz uma  reflexão sobre as bases intelectuais do capitalismo, a distribuição de riqueza, as estratégias das empresas de vanguarda e as reinvenções da Era Social. Conversando com algumas das mentes mais criativas da atualidade,  o escritor registra o levante de uma revolução moral digna de nossos tempos.