Crowdfunding: o que é e como funciona?

Um sistema de financiamento coletivo que pode tirar a sua ideia do papel ou ainda ajudar a sua ONG na continuação dos projetos realizados. Quantas idéias inovadoras surgem por aí e está fadadas a desistência antes mesmo de serem colocadas em prática?

Isso acontece porque a grande maioria está fadada a uma única verdade: a falta de investimento e recursos para torná-la possível. Principalmente para as ONG, que são Organizações Não-Governamentais e que por tal, não recebem incentivo do Governo para desempenhar seu papel dentro do Terceiro Setor e assim, dependem quase que exclusivamente de doações.

Eis que, em momentos de crise econômica e incertezas políticas, surge uma forma promissora e criativa para arrecadação de verbas: o Crowdfunding.

O que é o Crowfunding?

Em uma tradução livre, quer dizer financiamento pela multidão. Ele nada mais é do que uma forma auxiliar de investimento, onde várias pessoas conseguem investir pequenas quantias em dinheiro, apoiando uma causa ou um projeto. Geralmente, quem fazer o Crowfunding acaba investindo em divulgação através da internet para que mais pessoas saibam do que está acontecendo e assim, consigam bater a meta estipulada.

O Crowdfunding é, se não, uma forma de financiamento colaborativo e que vem revolucionando a forma de arrecadação de dinheiro, viabilizando o lançamento de projetos de causas sociais, projetos pessoais e até lançamentos de Startups.

Como funciona o Crowdfunding?

Ele funciona através de uma mecânica muito simples: o empreendedor, o idealista do projeto, apresenta a idéia ao público, fazendo uma breve discrição sobre o que seriam quais os benefícios esse projeto traria para a comunidade ou, em caráter pessoal, para ele mesmo. Vale escrever textos ou até mesmo, vídeos que expliquem e conceituem esse projeto.

Depois disso, ele publica a “vaquinha eletrônica”, e as pessoas passam a ter acesso a sua história e as suas idealizações, resolvendo por conta próprias se elas resolverão fazer parte desse desafio ou se não colaborarão com o projeto apresentado. Não existe uma quantia mínima para que a pessoa resolva fazer a sua doação. Qualquer quantia é sempre bem vinda, por isso se chama de financiamento coletivo.

Quando o idealizador consegue atingir o nível que pretendia, a empresa que divulgou essa iniciativa recebe uma pequena porcentagem (algo que gira em torno de 5%). Caso não atinja, o empreendedor sai sem levar nada do que fora arrecadado, sendo restituído Àqueles que doaram à causa.

Esse financiamento coletivo é utilizado em qualquer mercado, seja ele da saúde, da cultura, indústrias ou até mesmo tecnológico. Ele não serve, somente, para ONG que precisam de uma forma de investimento alternativa, mas sim, para empresas que precisam levantar um capital aquisitivo maior e mais alto para investimento num determinado projeto. Ou seja, o Crowfunding é para todos!

É uma opção para você que deseja fazer com que os projetos saiam do papel e do mundo das idéias, tornando-os ativos e reais, mesmo que você precisa de um baixo investimento para que isso seja possível. Muitas vezes, àqueles que ajudam através do financiamento coletivo se envolvem no projeto e continuam doando sua colaboração mensalmente para a instituição social.

Sites de Crowdfunding

Para dar o primeiro passo na direção certa, primeiro você precisa achar sites confiáveis que realizem essa campanha coletiva de forma segura. São eles:

Estrangeiros:

E você, pensando numa nova forma de mudar o mundo, tornando-o um lugar melhor de se viver? Compartilhe a sua experiência com a gente! Escreva-nos nos comentários.