Conheça 8 aplicativos que promovem ajuda ao redor do mundo

aplicativos solidários

Às vezes a vontade de contribuir com as pessoas ao redor do mundo acaba sendo dificultada por situações cotidianas, mas existem diversos aplicativos que promovem ajuda e que devem facilitar a vida de quem tem espírito solidário.

A tecnologia tem se mostrado uma parceira que permite contribuir de alguma forma com a sociedade mesmo sem sair de casa. Estão sendo desenvolvidos aplicativos que promovem doações facilitadas, conectam pessoas que necessitam de algum apoio às que podem oferecer ajuda, auxiliam pessoas com deficiências e também ajudam a você ter um consumo consciente para uma vida mais sustentável e que proteja a natureza.

Dos inúmeros aplicativos solidários que estão em voga, separamos 8 de diferentes objetivos e áreas de atuação. A intenção é que você possa ajudar as pessoas ao redor do mundo de uma maneira mais acessível por meio do microvoluntariado e de acordo com sua afinidade com as causas. Dá uma olhada!

Aplicativos que promovem ajuda estão salvando vidas

1.Be Okay

Pessoas que sofrem de crise do pânico, por exemplo, encontram inúmeras dificuldades de saírem da crise quando estão sozinhas, podendo a ampliar a sensação de mal estar conforme se torna difícil aliviar os sintomas de ansiedade.

Um aplicativo chamado “Be Okay” (Fique bem, em tradução livre) busca ajudar pessoas que passam por isso tanto na situação de crise quanto a longo prazo. O app foi desenvolvido por três universitárias brasileiras e age de diversas formas.

Uma delas é por meio de uma animação com exercício de respiração que auxilia a pessoa a superar a falta de ar causada pela ansiedade e se reconectar consigo mesma e com o momento presente, aliviando o pânico.

Outra função apresentada por esse aplicativo solidário é a seleção de fotos feita previamente pelo próprio usuário com intuito de trazer calma e paz interior. Além disso, é também possível incluir um número para discagem rápida de algum contato de confiança que possa dar apoio nos momentos de crise.

2. Unicef Tap

Diferentemente do anterior, esse aplicativo auxilia as pessoas por meio da doação de água para comunidades que estão enfrentando a escassez desse recurso indispensável para a vida. Como isso é possível?

Desenvolvido pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância, a Unicef, o aplicativo visa chamar a atenção da sociedade para a redução da água ao redor do mundo. Funciona como uma “aposta” com os usuários do aplicativo que, ao ficarem mais de 10 minutos sem utilizar o aparelho celular, patrocinadores da ONG doam uma quantidade de água suficiente para suprir as necessidades de uma criança por um dia.

Dessa forma, a Unicef pretende mostrar como é simples contribuir com a causa, pois a cada 5 dólares doados, uma criança assistida pela organização consegue ter acesso à água por 200 dias.

3. Sparked

Essa ferramenta é uma forma de doar talentos para ONGs que estão precisando de ajuda. Já conta com mais de 70 mil voluntários cadastrados e reúne mais de dez mil organizações e projetos, principalmente nos Estados Unidos.

Esse aplicativo criado em 2010 visa aproximar pessoas com conhecimentos específicos e que queiram oferecê-los solidariamente às organizações para auxiliá-las nas áreas em que precisam. São atividades como criação de logotipos, traduções e ações em redes sociais as mais solicitadas pelas ONGs.

As tarefas voluntárias são feitas sem sair de casa e tem um tempo de duração que pode variar de alguns minutos até algumas horas de dedicação. Segundo seus criadores, a plataforma faz o voluntariado se tornar mais dinâmico, divertido e acessível.

4. Charity Miles

Se você pratica corrida, caminhada ou costuma andar de bicicleta, esse aplicativo vai funcionar direitinho com a sua rotina. O Charity Miles funciona rastreando a distância que você anda ou corre e a cada 1 milha completa, o aplicativo doa 25 centavos de dólar a causa de sua escolha e que esteja cadastrada.

Esse aplicativo ajuda projetos vinculados ao combate à fome, ao salvamento de soldados feridos em situações de conflito, empoderamento de meninas, apoio de pessoas com necessidades especiais, Alzheimer ou mesmo para a proteção de animais em extinção ou em situações de maus tratos. Entre algumas ONGs conhecidas mundialmente estão a World Wildlife Federation, World Food Programe e Charity Water.

5. Adote Pets

Esse aplicativo social brasileiro busca salvar a vida de animais abandonados facilitando o processo de adoção. O Adote Pets cadastra animais abrigados por ONGs que atuam nessa causa e Centros de Controle de Zoonoses, além de pessoas físicas que recolhem animais e não possuem a condição de cuidar.

Já são quase mil animais cadastrados e esperando por donos conscientes e dedicados que possam adotá-los. Você pode auxiliar tanto no cadastramento de animais quanto escolhendo pelo aplicativo um Pet para adotar.

Também ajudam pessoas com deficiência

6. TelepatiX

Pessoas com Esclerose Lateral Amiotrófica, que sofreram Paralisia Cerebral ou vivem com sequelas de Acidente Vascular Cerebral ou Encefálico acabam enfrentando dificuldades para se comunicar e tem os movimentos reduzidos. O TelepatiX foi desenvolvido para que essas pessoas consigam se expressar com mais facilidade e rapidez através do aplicativo.

Por meio de um alfabeto que é percorrido por varredura, palavras e frases vão sendo completadas sozinhas de acordo com o vocabulário frequente utilizado pelo usuário, e em seguida vocalizadas em forma sonora para os ouvintes.

O objetivo é também que essas pessoas possam escrever e vocalizar frases fazendo o menor uso possível de movimentos, facilitando o dia a dia de quem teve os movimentos limitados por alguma condição de saúde.

7. Hand Talks

Voltado para surdos que se utilizam da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) e também para pessoas que têm interesse em se comunicar com surdos sem dominar LIBRAS, o Hand Talks é um aplicativo solidário que age como um intérprete simultâneo.

O aplicativo, fundado em 2012, foi eleito pela ONU como o melhor app de acessibilidade da América Latina e Caribe em 2015. Ele traduz texto e áudio para libras em celulares ou tablets, tornando um site acessível para surdos por meio de um plug-in.

No Brasil são quase 10 milhões de pessoas surdas e visa auxiliar empresas e organizações a se adequarem à Lei Brasileira de Inclusão de nº 13.146, que obriga acessibilidade em websites.

E podem ser bons para você e o planeta

8. Good Guide

Visando com que as pessoas façam compras com mais consciência, um professor da Universidade da Califórnia desenvolveu o Good Guide. Este app permite com que os usuários escaneie o código de barras dos produtos que estão adquirindo nos supermercados antes de comprá-los, avisando se contém substâncias nocivas ou então se foi produzido sob condições que degradam o meio ambiente, prejudicam os animais ou mesmo se é fruto de mão-de-obra escrava.

O aplicativo já conta com uma base de dados de 180 mil produtos cadastrados, porém a última versão ainda não conta com os produtos nacionais brasileiros.

Por meio desses aplicativos que promovem ajuda ao redor do mundo, a prática solidária se torna mais acessível e pode ser realizada em diferentes momentos de seu cotidiano. Gostou? Comente quais deles você já conhecia e indique novos aplicativos para a gente!