Qual o papel das ONGs ambientais na história?

As organizações não governamentais estão presentes em todo o nosso sistema. Elas fazem parte do conhecido Terceiro Setor e tem poderes políticos para existirem. Pode haver ONGs nos mais diversos campos: educação, social, cultural, entre outros. Leia mais

Modelo de Estatuto de Associações e ONGs

As ONGs (Organizações Não Governamentais) existem em nosso país e faz parte da nossa realidade. O objetivo dessas? O de transformar o máximo que puder a realidade dura de milhares de pessoas. Elas desempenham papel fundamental para a possibilidade de melhoria na condição de vida. Com projetos voltados para áreas como saúde, educação, conscientização, trabalho, meio ambiente entre outras, as ONGs existem para diminuir as disparidades sociais.

Elas são confundidas, muitas vezes, porque atuam em áreas que eram de monopólio Estatal. Contudo, temos que ser sinceros ao entender que o Estado não consegue dar conta de toda a demanda e por esse motivo, ele acaba repassando esse serviço. Há incentivos financeiros e fiscais para as ONGs, que podem ser, de acordo com o texto em lei, de duas formas: Associações ou fundações. Leia mais

Título de Utilidade Pública Municipal: o que é e como obter

As fundações e associações devem pedir a concessão do Título de Utilidade Pública, a fins que sejam reconhecidas pelo poder público, certificando-as sobre o cumprimento de seus projetos sociais, que eles realmente têm finalidade lucrativa e que são prestadoras de serviços de bens destinados ao uso coletivo. É como se esse certificado assinasse sobre quem essa instituição diz ser. Leia mais

Qual o conceito de entidade filantrópica?

Quando começasse a procurar saber mais sobre ONGs e suas diversas formas de se fazer, muitas dúvidas surgem na nossa cabeça, algumas delas estão bastante relacionadas a termos que vamos conhecendo no decorrer desse processo. Leia mais

O que é entidade de assistência social?

Afinal de contas: você sabe o que é o SUAS? Sistema Único de Assistência social, também conhecido como SUAS. Trata-se de um modelo bastante utilizado por nós, brasileiros para tornar efetiva a Política Nacional de Assistência Social. Ele existe desde 2005 e está implantado por todos os estados do país. Leia mais

Afinal de contas, o que é o Terceiro Setor?

Impossível falarmos de ONGs sem falarmos sobre o Terceiro Setor. Mas, afinal de contas, o que é? Quem o representa? Como se define? Se você também não sabe, esse artigo foi feito especialmente pra ti. Leia mais

O que é CEAS?

É bastante comum que, conforme você for pesquisando sobre as ONGs, você vá descobrindo novas terminologias e novas palavras relacionadas. Saber o que elas significam pode ampliar o seu vocabulário e entendimento da matéria. Fora isso, permite a possibilidade de encontrar novas alternativas as suas perguntas. Leia mais

Modelos de documentos para registro de uma ONG no cartório

Também denominadas de Empresas do Terceiro Setor, as ONGs têm um importante papel em nossa sociedade. Elas recebem esse nome porque não se caracterizam como sendo no setor público e nem do setor privado, embora transite entre esses dois polos para exercer suas atividades.

Elas também são muito conhecidas por não expressarem desejo de lucro em suas atividades. Atuam em diversos sentidos: educacional, ambiental, saúde e social. Fundações, associações e cooperativas são tipos diferentes de ONGs. Leia mais

Filantropia no Brasil: do conceito de caridade à necessidade da assistência social

de maos juntas pelo brasil

Com o passar do tempo o Brasil passou a destinar um papel bastante peculiar para a filantropia, o de complementação. A máxima de fazer o bem única e exclusivamente pela questão humanitária, da benevolência e do bom coração, foi substituída pela necessidade de fazer o bem.

Basta olharmos ao redor, o terceiro setor ganhou, então, uma relevância ainda maior. Eis alguns exemplos. Leia mais

Dicas para quem quer fundar uma ONG

Uma coisa é fato: o governo não consegue dar conta de tudo agindo sozinho- seja esse resultado de uma má gestão pública ou qualquer outro motivo que ocorra. E nós, como cidadãos, não devemos ficar olhando essa situação sem fazer nada. É esse o pensamentos dos Fundadores de ONGs- Organizações Não Governamentais.

As ONGs fazem parte do conhecido Terceiro Setor, que é a denominação para determinar as empresas de caráter privado, as que não têm a finalidade lucrativa, atuando em campos sociais. Pensando em facilitar a compreensão, elaboramos cinco passos importantes para a criação de uma ONG. Leia mais

O que é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público?

Muitas pessoas pensam que uma OSCIP- Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, se constitui ao se fazer uma entidade ou uma organização. Mas não é bem assim.

Podemos dizer que a OSCIP nada mais é do que uma qualificação jurídica que será atribuída para as mais diferentes entidades privadas que atuam em diversos setores públicos, mas que tenham interesse social nessa demanda. Elas podem ou não ser financiadas pelo Estado ou até mesmo, pela própria iniciativa privada, desde que essa não tenha fins lucrativos. Ou seja, são tipicamente entidades que compõem assim o Terceiro Setor. Leia mais

Quem pode abrir uma ONG?

Ajudar ao próximo é uma atitude bem fácil, basta que você tenha o desejo, a vontade. E é essa vontade que irá te motivacionar a criar uma ONG (Organização Não Governamental). O pré requisito, de fato, é realmente esse: a vontade de uma ou mais pessoas têm de fazer a diferença onde o poder público deveria chegar e atuar, mas não chega.

Esse procedimento é um tanto quanto burocrático, mas você consegue fazer a diferença na vida de quem participa dos projetos. Mas afinal de contas, posso eu abrir uma ONG na minha cidade? Leia mais

ONGs recebem ajuda financeira do governo?

Essa é a primeira pergunta que se passa na sua cabeça assim que você pensa em ONG, não é mesmo? Afinal de contas, ela pode ou não pode receber dinheiro público para desempenhar seu papel?

É uma pergunta um tanto quanto difícil de ser respondida, mas vamos lá. Antes de tudo, você precisa entender o que é o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil. Se você ainda não sabe, aproveite para dar uma olhada no nosso artigo completo.

Depois que o Marco fora sancionado, ele passou a flexibilizar as possíveis parcerias entre as empresas/instituições que compõem o Terceiro Setor (como as ONGs e as OSCIPs) e o Setor Público (Nas esferas Municipais, Estaduais e Federais). A ideia desse documento é tornar esse processo de doação mais prático e transparente. Leia mais

Cinco fontes de recursos para ONGs

Pelo Brasil a fora existem, aproximadamente, 290.692 ONGs que atuam em diversos setores culturais. Elas estão dentro do chamado Terceiro Setor, atuando onde o Estado deveria ter atuado, preferencialmente, de forma preventiva.

Em sua raiz, ONG quer dizer Organizações Não governamentais. Para que ela tenha essa característica primária é necessário que, antes de tudo, ela não trabalhe com finalidade lucrativa. De uma forma menos burocrática e mais flexível, os Órgãos governamentais passaram a entender sua importância social e contribuir, dessa forma, para os projetos sociais trabalhados por elas.

Como não visam o lucro, dependem de doações para continuar a manter suas funções ativas. E é aí que está o problema. Nem todo mundo tem conhecimento do que é uma ONG e como fazer para ajudar. Empresas, pessoas civis e até o poder público podem se unir e investir nas ideias levantadas e nos projetos executados pelas ONGs.

Assim sendo, onde se deve buscar os recursos desejados? Leia mais

O que muda com o Marco Regulatório do Terceiro Setor?

Você conhece a Lei 13.019/2014? Ela também ficou conhecida como Marco Regulatório. É um importante passo frente à transparência na gestão e no controle de recursos públicos. Ele tende a dificultar a fraude a financiamento de projetos sociais, inclusive aqueles mantidos por ONGs ajudadas pelos Entes Públicos. Mas afinal de contas, o que isso quer dizer? Leia mais

Modelo de Estatuto Social de uma ONG

Muitas pessoas buscam informações sobre as ONGs, o que elas são e como montá-las. Eis que nesse momento surge algo inédito: O Estatuto Social. Tal documento é oficial e exigido em lei. Assim sendo, ele se perfaz como requisito obrigatório para que a pessoa consiga fazer a sua ONG acontecer e que essa consiga receber as doações de forma legalizada.

Como dissemos em outros artigos, as ONGs são pluralidades. Não existe só um modelo de ONG e por isso, não existe apenas um único modelo de estatuto. Eles acabam variando de acordo com as suas especificações e de acordo com que os próprios sócios fundadores tem em mente para a realização desses. Leia mais

Saiba quais as maiores ONGs do Brasil

As Organizações Não Governamentais, popularmente conhecidas como ONG, são instituições que atuam no Terceiro Setor e que não possuem qualquer finalidade lucrativa. Elas são constituídas por pessoas comuns, como você ou eu, que se unem em busca da realização de um objetivo em comum. Elas podem oferecer serviços do cunho econômico, educacional, ambiental e social. Leia mais

Que tipos de registros as ONGs devem ter?

As ONGs também são conhecidas, popularmente, como empresas do Terceiro Setor e recebem essa nomenclatura porque elas acabam não se enquadrando nem no setor público e nem no setor privado.

Elas também são reconhecidas por atuarem no meio social sem ter nenhum fim lucrativo. As associações, as fundações e as cooperativas também são modalidades de ONGS. É imprescindível que para a montagem da ONG haja um grupo de pessoas que tenham um interesse coletivo em comum… Mas algumas etapas obrigatórias devem ser cumpridas, como os Registros. Leia mais

Conheça tudo sobre a ONG da Luisa Mell

O Instituto Luisa Mell fora fundado em 2015 no mês de fevereiro. Ele, assim como tantos outros fazem parte da chamada ONGs protetora dos animais, e atuam no Terceiro Setor. Sua principal atuação está no resgate de animais feridos ou que estão em situações que apresentem risco a sua saúde. Após resgatados, eles passam por longos processos para ser restabelecida a sua saúde e parte para um lar adotivo entre aqueles que lhes querem dar amor e carinho.

Atualmente, o abrigo conta com 300 animais dentre gatos e cachorros. O Instituto cumpre o seu papel, resgatando esses animais das zonas de perigo e proporcionando a eles uma segunda oportunidade. Leia mais

,

Rosa Penido entrevistada por Marcos Kisil sobre Filantropia Familiar em 11 de maio

Rosa Penido entrevistada por Marcos Kisil sobre Filantropia Familiar em 11 de maio

Em 11 de maio, fui entrevistada por Marcos Kisil pra falar sobre minha experiência em Filantropia Familiar.

A entrevista faz parte do projeto “Grandes Lideranças do Terceiro Setor”, que o IDIS – Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social está desenvolvendo junto com a Escola Aberta do Terceiro Setor. Leia mais