Be My Eyes o aplicativo que empresta visão a deficientes visuais

Be My Eyes

Quem nunca se deparou com uma situação na qual gostaria de poder ajudar mais uma pessoa com deficiência visual, ou até mesmo já pensou em contribuir com alguém emprestando sua visão, graças aos avanços tecnológicos e ao aplicativo Be My Eyes, isso é possível.

Pessoas com dificuldade ou até mesmo perda total da visão conseguem se locomover, estudar, trabalhar, dentre outras tarefas, normalmente.

No entanto, a situação pode ser mais complicada quando se trata de detalhes cotidianos, que fazem toda a diferença, como por exemplo: combinar as cores de uma roupa, escolher o sapato que mais combina, encontrar itens pequenos que caíram no chão.

Geralmente nessas ocasiões os deficientes recorrem a ajuda de pessoas próximas, como vizinhos, parentes e amigos, e muitas vezes se sentem desconfortáveis com a situação.

O Aplicativo

Foi principalmente para evitar essas situações que o aplicativo Be My Eyes foi criado. Através dele pessoas com dificuldades visuais ou perda total da visão recebem o auxílio de voluntários com visão.

A ajuda pode ser solicitada a qualquer hora do dia, de qualquer lugar e sem custo nenhum.

 

Check out www.bemyeyes.com Download in App Store and Play Store

Posted by Be My Eyes on Thursday, October 5, 2017

Basta seguir 6 etapas simples:

  1. Baixe o aplicativo Be My Eyes gratuitamente no seu celular através do Google Play ou App Store;
  2. Inicie o aplicativo para se registrar, começando pelo tipo de usuário (com visão ou cego / baixa visão);
  3. Escolha entre se inscrever no Facebook ou no e-mail;
  4. Confirme o endereço de e-mail;
  5. Selecione seu idioma principal (ao fazer uma ligação o usuário será conectado ao primeiro voluntário disponível, que fale o mesmo idioma principal);
  6. Permita o acesso ao microfone, câmera e notificações;

Criador do Be My Eyes

O aplicativo foi desenvolvido pelo dinamarquês Hans Jørgen Wiberg, co-fundador da Be My Eyes, uma organização sem fins lucrativos com sede em Copenhague.

A estreia do aplicativo foi em 15 de janeiro de 2015 ganhando grande repercussão entre os deficientes visuais e voluntários

Em uma entrevista para a Design to Improve Life®, Wiberg contou que a ideia de criar o Be my eyes surgiu exatamente por saber quais são as dificuldades de um deficiente visual:

“Sendo eu mesmo deficiente visual, conheço os desafios que as pessoas com deficiências visuais enfrentam. Às vezes, um par de olhos é necessário. Por isso, surgiu a ideia de usar o hardware convencional, o iPhone, que já está no bolso das pessoas cegas, em vez de algum design ‘especial’ desajeitado.”

 

Voluntários

Para ser um voluntário é muito simples basta seguir as etapas enumeradas acima e optando na segunda etapa pelo opção com visão.

O ingresso na equipe de voluntariados não atrapalha a rotina normal da pessoa que se voluntariou, porque se o voluntário estiver ocupado quando receber uma ligação, o aplicativo encontrará o próximo voluntário disponível.

Atualmente existem mais de 900.000 voluntários com visão inscritos, que estão prontos e dispostos a ajudar em todos os fusos horários e em mais de 120 idiomas.

Vale ressaltar que o usuário pode fazer pode fazer chamadas com a frequência que desejar sem incomodar ninguém, devido a ligação ser direcionada para vários voluntários ao mesmo tempo.

Além disso, o aplicativo agora conta com o recurso de Ajuda Especializada, no qual é possível receber assistência de representantes da empresa, que podem fornecer assistência especializada para o produto ou serviço.