Como o marketing digital pode te ajudar na captação de recursos

Trabalhar com orçamentos limitados e tem dificuldade em conseguir a captação de recursos necessária são fatores que dificultam a atuação de muitas entidades que fazem parte do Terceiro Setor.

Contudo, não podemos analisá-los como sendo barreiras intransponíveis! Afinal de contas, vivemos uma era digital que abre diversas portas para quem quer fazer a diferença, permitindo você encontrar o seu doador onde quer que ele esteja.

E claro que um dos caminhos para que você consiga bater a sua meta é o Marketing Digital. Para se ter uma ideia, o MD surgiu por volta dos anos 90 e com ele, vieram novos jeitos de utilizar a Internet: ela não mais era vista apenas como ferramenta de trabalho e sim, como forma de diversão e também de vendas de produtos.

Hoje em dia, é imprescindível que qualquer empresa que deseje sucesso tenha a sua marca no mundo digital, e não podemos nos esquecer das ONGs.

O que significa Marketing Digital?

Podemos definir o Marketing Digital como um conjunto de ações nos meios digitais para que ele consiga ampliar o conhecimento sobre um determinado produto, conquistando mais lead e conseguindo fazer com que ele converta a compra, gerando lucro para a empresa.

Trocando lucro, lead, conversão, o conceito também pode ser usado no Terceiro Setor: seus doadores também estão na rede social (tanto pessoas físicas quanto jurídicas), assim como o seu corpo de voluntários.

E sim, eles envolvem diversas fontes de captação de recursos, que vão desde a produção de conteúdo, até a sua utilização através do e-mail marketing, das redes sociais, do trabalho de SEO, etc. Por isso, quando falamos em marketing digital, também estamos falando de planejamento.

É só através de um bom planejamento que conseguiremos atingir as pessoas certas e este  não será uma enorme perda de tempo (e de dinheiro). Quando utilizado da forma correta, ele gera alcance ao público-alvo, produtividade, conversão e conseguimos mensurar resultados positivos, gerando economia.

Sim, é claro que o trabalho de boas ferramentas jamais irá substituir o trabalho de uma boa equipe que entenda e saiba aplicar na prática esse conceito que o MD trás.

Mas, para que você consiga entender como funciona, vamos listar algumas ferramentas que você poderá usar no seu dia a dia.

Ferramentas de Marketing Digital

Existem algumas ferramentas que facilitam o seu trabalho.

Planejador de Planejador de palavra chave

Google Keyword Planner (gratuito): esta ferramenta funciona como uma grande gerador de ideias e de termos que sejam relevantes para a nossa organização e plano de ação.

Google Trends (gratuito): Com o Trens você consegue conhecer a popularidade de algumas determinadas expressões, com gráficos que mostram, inclusive, a frequência dessas pesquisas.

Para disparo de e-mail marketing

MailChimp (plano gratuito): essa é uma das ferramentas mais conhecidas de disparo de e-mail! Ela tem templates prontos e, particularmente, é uma ferramenta bem fácil de mexer.

E-goi (plano gratuito): Pode ser uma excelente opção para quem ainda está começando e conhecendo o email marketing.

Criação de Lading Pages

Unbounce (paga): é uma ferramenta ampla que consegue oferecer diversas opções de customização, além de estar interligada com o e-mail e o CRM.

Portent (Gratuito): Aqui você terá uma poderosa ajuda para gerar títulos e conteúdos de forma sensacional! A única desvantagem é que a ferramenta só funciona em inglês.

Conteúdo para Redes Sociais

Buffer (plano gratuito):  ela consegue realizar o agendamento das publicações com maior facilidade, ajudando você a manter tudo sob controle, oferecendo, inclusive, análise dos resultados das postagens programadas.

Hootsuite (paga): Também funciona como a ferramenta que nós citamos acima. A diferença é a possibilidade de você conseguir gerenciar todos os seus perfis sociais e ter novos insights que lhe darão ideias para novas publicações.

É um campo muito rio e que vale a pena você experimentar!